segunda-feira, maio 1

Denis Brean

Dedico este texto a um daqueles ótimos compositores totalmente desconhecidos da mídia. Desta vez falo de Denis Brean, pseudônimo do campineiro Augusto Duarte Ribeiro (1917-1969), que também atuou como jornalista. Estou na dúvda em relação ao ano de nascimento do compositor, os sites abaixo dão diferentes datas:
Cliquemusic
Dicionário Cravo Albim.

Denis Brean foi um mestre. Só a música abaixo já o inclui na lista dos maiores:

Franqueza
(Denis Brean e O. Guilherme)

Você passa por mim e não olha
Como coisa que eu fosse ninguém
Com certeza você já esqueceu
Que em meus braços já chorou também
Eu não ligo, porém
Ao seu modo
Isso é próprio de quem é infeliz
Quer mostrar que não sente saudade
De um passado que foi tão feliz
Se eu quisesse eu podia dizer
Tudo, tudo o que houve entre nós
Mas pra que destruir teu orgulho
Se eu até já esqueci tua voz
De uma coisa hoje tenho certeza
Foi o tempo quem me confirmou
Seus melhores momentos na vida
Em meus braços você desfrutou
Você passa por mim e não olha...
__________________________________________
Gravado originalmente em 1957 por Nora Ney. Outras gravações conhecidas: Leny Eversong, Elizeth Cardoso, Jair Rodrigues, Maysa, Ana Bernardo e Osvaldo Colagrande (violão), Tito Madi, Elis Regina e Miele, Waleska, Trovadores Urbanos, Zezé Gonzaga, Altemar Dutra, Ellen de Lima, Rita de Cássia, etc. A mais forte pra mim, que me deixa totalmente imobilizada, é a da Elizeth Cardoso. Só órgão e voz, num arranjo, a princípio, brega. Depois que você ouve pela terceira vez é que a coisa começa a fazer sentido. É de chorar de emoção. Essa é daquelas que eu ponho no "repetir" e ouço três dias seguidos.

Melancolia
(Denis Brean)

Melancolia que eu receio já chegou
Vendo meu peito tão vazio
Logo entrou
Melancolia companheira
Das horas frias sem ternura, que loucura
Melancolia, vê se muda de endereço
Foge de mim senão esqueço
Tudo que eu vivi
Tudo que eu chorei
E mais o que sonharei
A solidão não me deixa sequer a esperança
De reviver com carinho
Todas as lembranças que pude juntar
Quem não me vê chorar
Na certa irá pensar que sou ruim
A dor que me consome
Não fale pra ninguém
É só minha, está dentro de mim
De mim...
____________________________
Lindo samba gravado por Elizeth Cardoso, Carmen Costa e Rosana.

Boogie Woogie na Favela
(Denis Brean)

Chegou o samba minha gente
Lá da terra do tio Sam com novidade
E ele trouxe uma cadência que é maluca
Pra mexer toda a cidade
O boogie-woogie
Boogie-woogie, boogie-woogie
A nova dança que balança
Mas não cansa
A nova dança que faz parte
Da política da boa vizinhança

E lá na favela toda batucada
Já tem boogie-woogie
Até as cabrochas já dançam
Já falam do tal boogie-woogie
E o nosso samba
Foi por isso que aderiu
No Amazonas, Rio Grande
São Paulo e Rio
Ao boogie-woogie
Boogie-woogie, boogie-woogie
A nova dança que surgiu.
_________________________________
Gravado originalmente por Ciro Monteiro em 1945. Outras gravações conhecidas: Os Velhinhos Transviados, Roberto Silva, Elza Soares/Miltinho, Família Roitman, Milton Banana, Simonetti e sua Orquestra, etc. Fala sobre a política da Boa Vizinhança, que aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial, a mesma que mandou Carmen Miranda pros EUA.

Bahia Com H

Dá licença, dá licença, meu senhor
Dá licença, dá licença pra Ioiô
Eu sou amante da gostosa Bahia, porém
Pra saber seu segredo
Serei baiano também
Dá licença de gostar um pouquinho só
A Bahia eu não vou roubar, tem dó
Ah! Já disse um poeta
Que terra mais linda não há
Isso é velho
É do tempo que a gente escrevia Bahia com H

Deixa ver com meus olhos
De amante saudoso a Bahia do meu coração
Deixa ver, Baixa do Sapateiro, Charriou
Barroquinha,Calçada, Taboão
Sou um amigo que volta feliz
Pra teus braços abertos, Bahia
Sou poeta e não quero ficar
Assim longe da tua magia
Deixa ver teus sobrados, igrejas
Teus santos, ladeiras
E montes tal qual um postal.
Dá licença de rezar pro Senhor do Bonfim
Salve a Santa Bahia imortal
Bahia dos sonhos mil
Eu fico contente da vida
Em saber que a Bahia é Brasil.
__________________________________________
Gravada originalmente por Francisco Alves em 1947. Outras gravações conhecidas: Mário Gennari, Simonetti e sua Orquestra, Portinho, Lula Barbosa, Caetano Veloso com Gilberto Gil & João Gilberto, Lana Bittencourt, Luiz Arruda Paes com Coro e Orquestra, Ed Bar (órgão eletrônico) e os Batuqueiros, dentre outros.
Um decreto baiano (de 1931) estabeleceu a grafia de Baía com H, ainda que tenha havido a oposição de alguns gramáticos. Samba-exaltação lindíssimo!!!

Eu Vou de Touca
(Denis Brean e Blota Junior)

Eu vou de touca, de chupeta e camisola
Ai, ai, mamãe
Ai, ai, papai
Eu vou bancar bebê de araque
Eu vou berrar bastante
Até ganhar um Cadillac

Eu vou bater palminha pra mamãe
Eu vou bater palminha pro papai
Eu vou brincar sem dó
Depois eu quero colo
Se não derem eu vou chorar.
_____________________________________
Marcha gravada por Hebe Camargo em 1951. Sim, ela mesma, a apresentadora de TV, conhecida na sua época de cantora como A Estrelinha do Samba.

Indiferença
(Denis Brean e Oswaldo Guilherme)

Você, que é o amor de muita gente
Me despreza infelizmente
Não me dá um só olhar
Por que esse orgulho sem razão
Se você pertence a todos
Vende a alma e o coração
(Ai, ai, meu Deus)

Será que seu beijo eu não mereço
Que por isso me aborreço
Chego até sentir rancor
Porém, o destino é assim mesmo
Você vai amando a esmo
Mas despreza meu amor

Bem sei que a dor que me consome
É por não ver o meu nome
Na lista do beijo seu
Porém, é preciso compreender
Eu não tendo o seu querer
Outras não terão o meu.
_______________________________
Samba gravado pelo cantor paulistano Osny Silva (1919-1925) em 1957.

Minha Linda Salomé
(Denis Brean e Victor Simon)

Quando eu vou pro meu rancho da montanha
Vou montado nesse meu cavalo amigo
Ainda existe algo mais que me acompanha
E por ela com todo mundo eu brigo

Eu por ela desacato
O mais temível bandoleiro
E por ela também mato
Até meu melhor rancheiro
Ela tem os olhos tristes como um lago
Já venceu um concurso lá em Chicago
Meus senhores
Vou dizer quem ela é
Entretanto, adivinhe quem quiser
É a minha linda vaca Salomé.
________________________________
Um dos maiores sucessos de Bob Nelson, que foi quem deu idéia do tema da letra. O Vaqueiro Alegre, como ficou conhecido, era o slogan do campineiro Nelson Perez (1918).

Bombocado
(Denis Brean)

Ô nega, você me deixa abafado
Com gosto de bom-bocado
Quando me beija a boca
Seu beijo é uma coisa louca
Eu já estou viciado
Nesse gostoso melado

Seu beijo tem qualquer coisa de forte
Mais poderoso que a morte
Eis em resumo a razão
Seu beijo parece uma granada
Que entra pelos meus lábios
E vai até o coração.
___________________________
Gravado originalmente pelo gaúcho Caco Velho (Mateus Nunes, 1909-1971), acompanhado pelo flautista Benedito Lacerda e seu conjunto, em 1945. Aproveito pra divulgar aqui - recentemente o cantor Germano Mathias gravou um ótimo CD só com músicas do repertório do Caco Velho.

7 Comments:

Blogger Szegeri said...

Os "Velhinhos Transviados" seriam integrantes do fã-clube de uma conhecida pandeirista desta Paulicéia???

maio 24, 2006 6:09 PM  
Anonymous Anônimo said...

Gostaria de saber se o Denis Brean era parente de Osny Duarte Pereira.
Marco Aurélio
arevoltadoboemio@bol.com.br

julho 09, 2006 2:40 PM  
Anonymous Jorge Sá de Miranda said...

Por favor,
Denis Brean fez também uma música para o São Paulo Futebol Clube. Como posso conseguir a letra dessa música?
Obrigado,
Jorge Sá de Miranda

julho 23, 2006 11:13 PM  
Anonymous Anônimo said...

Em passeio pela internet achei um blog com homenagem a meu tio, sou reinaldo e sobrinho de DENIS BREAN. Visite o site que fiz > http://denisbrean.vilabol.uol.com.br ,mas estou preparando outro oficial. muito obrigado fiquei bem emocionado, qualquer dúvida meu e-mail esta no site.
Reinaldo Menezes

setembro 06, 2006 4:23 AM  
Anonymous Anônimo said...

Conheça mais sobre Denis Brean visitando: www.denisbrean.com - http://denisbrean.googlepages.com -
Por: Reinaldo R. Menezes.

janeiro 28, 2008 4:47 AM  
Anonymous Anônimo said...

40 Anos sem Denis Brean, realmente um Mestre de nossa Cultura Musical. Parabéns a seu sobrinho e musico, Reinaldo Menezes, sem ele nada estaria na internet. Muitos sites ele criou e Denis Brean desde 1997 já no HPG.Grandes obras, como: Boogie Woogie na Favela, sem falar em Bahia com H.Visite o site em detalhes que seu sobrinho criou: www,denisbrean.com
Roberta, nota 10 pelo seu blog.
Roseli

agosto 05, 2009 4:02 PM  
Blogger informando said...

Denis Brean com um novo site completo na internet, confira em detalhes: www.denisbrean.webs.com - grande nome de nossa música - MPB

Tercilha Bianco

abril 15, 2013 6:19 PM  

Postar um comentário

<< Home