sábado, janeiro 14

Releituras

Amo ler. Sempre gostei muito. Não à toa sou formada em Letras, pela Puc. Mas eu fui uma aluna-turista, tenho que admitir. Fiz a faculdade no mesmo momento em que descobri a noite, a boemia, as serenatas, os amores... e ainda trabalhava na Ed. Abril durante o dia. Os professores indicavam uma média de 40 livros por ano, eu não lia quase nenhum, mas comprava todos, na ilusão de que teria tempo. Sendo assim, tenho mais de trezentos ótimos livros intactos aqui em casa. Desde que me formei li um ou outro. Confesso que andava com preguiça. Mas não sei por que, de uns meses pra cá retomei minha compulsão pela leitura - finalmente! E foram muitos os livros que li no ano passado. Vou citar aqui os mais significativos, caso alguém se anime como eu estou animada:

* Do Amor e Outros Demônios (livro apaixonante de um dos meus ídolos, Gabriel Garcia Marquez);
* Evangelho Segundo Jesus Cristo (todos os adjetivos positivos do mundo seriam pouco pra descrever este livro brilhante do José Saramago);
* A Caverna (José Saramago);
* Água Viva (da minha ídala Clarice Lispector, de quem já li quase tudo);
* Estação Carandiru (do grande Drauzio Varella, de quem sou fã);
* Por um fio (Idem);
* O Caçador de Pipas (ótimo romance de Khaled Hosseini, bom para entender um pouco sobre a cultura do Afeganistão);
* Sob o Sol Jaguar (acabo de reler este ótimo livro do Ítalo Calvino, que fala dos sentidos: olfato, audição e paladar);
* "Meu lar é o botequim" - Histórias, palpites e feitiço sem fim (ótimo livro do meu querido amigo Eduardo Goldenberg - vcs podem ler mais aqui);
* Mar Adentro (livro autobiográfico de Ramón Sampedro, que conta sua história: "um homem que luta para ter o direito de pôr fim à sua própria vida, após viver 28 anos preso a uma cama, devido a um acidente que o deixou tetraplégico");
* A Solidão dos Moribundos (De Norbert Elias. Trata de um assunto que incomoda muita gente: a morte)
* Gabriela Mistral e Cecília Meireles (Belíssimo livro com poemas das duas maravilhosas poetisas. A tradução deste raro exemplar lançado pela Academia Brasileira de Letras ficou por conta de uma amiga querida, Ruth Sylvia de Miranda Salles);
* Letras Sobre o Espelho - Sor Juana Inés de La Cruz (presente de uma das minhas amigas queridas da Puc, Simone Andréa CArvalho da Silva, grande pesquisadora e doutora em Literatura Hispano-americana, a pessoa que mais me incentiva a ler. O livro é muito bonito, conta a vida e cita textos da poetisa Sor Juana (1648-1695);

Estou lendo:

* Brasil Rito e Ritmo - Um Século de Música Popular e Clássica (um dos presentes mais lindos que já ganhei, dos meus queridos amigos Carmen Queiroz e Carlos Renato. Trata-se de um belíssimo livro com quase 200 fotos de personalidades da música brasileira e textos de Leonel Kaz, Ricardo Cravo Albin, João Máximo, Tárik de Souza e Luiz Paulo Horta. Acompanham a preciosidade ainda dois CDs);
* A Casa Edison e seu Tempo (Também um especialíssimo presente dos meus amigos cariocas Paulo Neves e Chris);
* O Espelho Enterrado - Reflexões sobre a Espanha e o Novo Mundo (de Carlos Fuentes, também foi presente da Simone, lindo livro, com fotos e ilustrações);
* Alquimia e Misticismo (Esse livro é escandalosamente maravilhoso. Tem 710 páginas, estou lendo há alguns anos... acho que não quero acabar porque tenho que devolvê-lo à dona, minha amiga Márcia. É de Alexander Roob. Quem gosta do assunto não pode deixar de ler
* No princípio era a Roda - Um Estudo Sobre SAmba, Partido-Alto e Outros Pagodes (do grande pesquisador Roberto M. Moura, falecido precocemente no ano passado);
* Luperce Miranda - O Paganini do Bandolim (da pesquisadora Marília Trindade Barboza)
* A Beleza Fundamental de Todos os Lugares (do meu querido amigo e poeta Cássio Junqueira, que me presenteou num momento muito difícil da minha vida).

Os próximos da fila:

* Olga (De Fernando Morais, clássico que conta a vida de Olga Prestes, judia comunista que foi entregue a Hitler pelo governo Vargas);
* Notícia de Um Sequestro (Também do meu amado Gabriel García Márquez)
* Carmen (De Ruy Castro, biografia de Carmen Miranda);
* Intermitências da Morte (José Saramago);
* Memórias de minhas Putas Tristes (Gabriel García Marquez).
___________________________________________________________________________________
Tenho certeza de que estou esquecendo de vários... ;-)

1 Comments:

Anonymous Cássio Junqueira said...

De vez em quando acho essa página e releio, só pra imaginar que vc. está sempre lendo o meu livro.

Querida... Tô com saudades.

Beijos,

Cássio

junho 19, 2006 12:51 AM  

Postar um comentário

<< Home